sexta-feira, 12 de outubro de 2012

DIA INTERNACIONAL DA RAPARIGA


Já o dia de ontem estava quase a acabar - dia 11 de outubro -  quando me dei conta de que se comemorava pela primeira vez o DIA INTERNACIONAL DA RAPARIGA. Por isso o video acima que mostra porque deve haver esse dia. E de uma das  notícia sobre o assunto, no jornal SOL:
«(...)
«Hoje é um dia para denunciar a discriminação e chamar a atenção para as dificuldades específicas que as crianças do sexo feminino enfrentam», acrescentou a deputada, salientando que as «meninas têm maior probabilidade de sofrer de má nutrição, estão mais expostas à violência, a casamentos forçados e têm mais dificuldades no acesso à educação e à saúde».
Edite Estrela foi uma das promotoras de uma declaração escrita, aprovada pelo Parlamento Europeu, que exortou as Nações Unidas a proclamarem um dia internacional dedicado às crianças do sexo feminino.
«Há discriminações que as meninas sofrem por serem do género feminino e também por serem crianças», sublinhou Edite Estrela.
No primeiro Dia Internacional da Rapariga, a ONU renova um apelo internacional para que todos os países definam 18 anos como idade mínima de casamento.
Segundo a ONU, cerca de 10 milhões de crianças em todo o mundo casam antes dos 18 anos, muitas vezes com apenas oito anos de idade, numa clara violação dos Direitos das Crianças e mesmo da sua preparação física e psicológica.
Os maridos têm por vezes três ou quatro vezes mais a idade destas raparigas. (...)». A noticia completa. E a imagem que assinalava O DIA INTERNACIONAL DA RAPARIGA  no Status of Women Canada:
 
 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário