quarta-feira, 3 de Julho de 2013

SAMBA FEMINISTA




A colega Adelaide Rocha  (GEPAC) fez-nos chegar o Samba Feminista. Aqui está. E vai ficar nas Canções na coluna à direita.

Samba Feminista

Conceição,
faz uma ligação.
Fala com o seu Damião.
Diz que ele está sendo machista!
Que a moça não deve ser vista
só como passista de escola de Samba.
Que a Gabriela é uma advogada que ama a batucada
no fim-de-semana!

Também fala pro seu Damião
que ela pode amar quem quiser.
Que decidir o que faz de seu corpo
é um direito de toda mulher.

Se Gabriela largar o Estácio
para estudar é um direito que têm.
E não tem que aguentar cara feia de ninguém.

Também fala pro seu Damião
que não tem problema a mulher ganhar mais.
Que o mundo hoje já é outro,
bem diferente do que viveu seu pai.

A gente não conta piada machista
e nem diz a hora e lugar de mulher.
Ela tem o direito de andar só à noite se quiser.

Também tem um assunto final
que seria legal se você abordar.
Eita Homem que suja cueca
e ainda fica nervoso se a mulher não lavar.

Um parceiro leal tem que lavar a roupa,
limpar o banheiro e quando precisar.
E não chegar do batente,
com a barriga na frente, exigindo o jantar.

Música composta por Daniel Kirjner. Gravado no dia 27 de Abril de 2013, no SESC 504 sul, Brasília - DF. Parte do show "De pai para filho: um encontro de gerações"

Sem comentários:

Enviar um comentário