sexta-feira, 11 de maio de 2012

SUSANA BACA EM PORTUGAL


Susana Baca acaba de realizar dois concertos em Portugal, e deu uma entrevista à ATUAL, da qual é  capa,  do último semanário Expresso, onde se pode ler (sublinhados nossos): «(...)a cantora Susana Baca tem promovido os valores da cultura afro-peruana num contexto nacional de continua adversidade. Mas o impacto mundial da sua ação obrigou a um reconhecimento interno, que à semelhança do que se tinha passado no Brasil com Gilberto Gil, no Panamá com Rúben Blades ou em Cabo Verde com Mário Lúcio ( a mais recente entrada nesta lista  é a de Youssou N´Dour, há um mês nomeadao no Senegal) culminou no convite pra chefiar o Ministério da Cultura. Afastada do cargo numa tão repentina quão inesperada reformulação governamental, foi recentemente galardoada com um segundo Grammy (pela sua colaboração com o grupo Calle 13) e regressou aos discos e aos palcos com «Afrodiaspora», uma meditação sobre o sincretismo em que incluiu cumbia colombiana, bomba e plena porto-riquenhas, tango argentino, musica afro-cubana ou forró da região Nordeste brasileiro (...). E mais adiante: «Para me transformar numa mulher artista tive de lutar contra um preconceito racial, um preconceito de género e, além disso, por ter origem numa familia sem recursos, um preconceito social».   


Sem comentários:

Publicar um comentário