segunda-feira, 26 de novembro de 2018

AMNISTIA INTERNACIONAL | «lei portuguesa não considera violação casos em que a vítima se encontre incapaz de não dar consentimento»




«AMNISTIA INTERNACIONAL

Portugal só reconhece violação quando há violência física, ameaça ou coerção


Novo relatório da Amnistia Internacional sublinha que lei portuguesa não considera violação casos em que a vítima se encontre incapaz de não dar consentimento». Continue a ler na TSF.


Sem comentários:

Publicar um comentário