terça-feira, 20 de novembro de 2012

CINEMA E DIREITOS HUMANOS



Desde logo, uma inciativa que inspira: e porque não fazer algo parecido? Estamos a falar de uma Mostra Cinema e Direitos Humanos que começa esta semana (quinta-feira) em São Paulo:
A Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul, que exibe 37 filmes em todas as capitais brasileiras, começa nesta quinta-feira (22) na capital paulista, com temáticas que reforçam a garantia e o respeito aos direitos humanos no país.
Durante oito dias, o público poderá conferir, gratuitamente, filmes como o A Fábrica, de Aly Muritiba, que abre a mostra na quinta-feira, a partir das 20h30, no Cine Sesc. O curta metragem conta a história de um presidiário que convence a mãe a arriscar a própria segurança levando um telefone celular até ele.
Da Argentina, o Saia se Puder, de Mariano Luque, retrata uma mulher que sofre com a violência do companheiro, apesar de estarem em um camping, durante uma viagem de descanso. Outro filme, o venezuelano O Garoto que Mente, de Marité Ugás, traz um garoto de 13 anos que abandona a casa em que vive para viajar pelo litoral da Venezuela. Para sobreviver, ele seduz quem encontra pelo caminho, reinventando sua própria história. (+). E a Programação aqui, onde se pode ver também os envolvidos no projeto, nomeadamente a Secretaria de Direitos Humanos  que anuncia a mostra assim:



Sem comentários:

Publicar um comentário