sexta-feira, 9 de agosto de 2013

EDITH STEIN





«(...)
Como jovem filósofa agnóstica ela já tinha concebido um pensamento sobre a responsabilidade e a solidariedade. Ela teve, desde a adolescência, ambições absolutas para a humanidade, mas também a ambição de ser ela própria. Edith desejava sofrer com o povo judeu: desejava partilhar o seu destino. (...)». Saiba mais. 



Sem comentários:

Publicar um comentário